PALESTRA PÚBLICA HOMENAGEIA SAUL QUADROS

CARTAZES__SAUL QUADROS

 

Segunda feira dia 1º de outubro às 19h, acontecerá no Centro Espírita Humberto de Campos, uma palestra pública especial em homenagem ao Sr. Saul Quadros, que faria 100 anos se estivesse encarnado.  Abigail Guimarães e convidados, abordarão nesta merecida homenagem, o tema Entre o Céu e a Terra.

Saul Quadros, o homenageado, possuía um devotado amor pela Doutrina Espírita, conhecendo-a ainda na juventude. Curioso, e digno de nota, era seu conhecimento a respeito de O Livro dos Espíritos, cujo conteúdo trazia memorizado. E esse apreço pelo Espiritismo fez dele um grande divulgador da mensagem espírita dentro e fora do movimento espiritista de nossa cidade. Logo quando chegou de mudança a Vitória da Conquista no final da década de 1970, integrou-se ao movimento espírita local e pela natural liderança e comprometimento com a Doutrina, exerceu a presidência do Centro Espírita Humberto de Campos várias vezes e participou da diretoria da UEVC e da direção do Abrigo Nosso Lar.

De acordo a matéria publicada por Luciano Novaes, ele descreve Saul como um homem sério, jovial e acessível, afeito ao exercício da mediunidade com Jesus, afirmava dever exercê-la com lealdade e santidade, porque via nas faculdades paranormais uma ferramenta de progresso moral. O ilustre, escreveu através dos recursos medianímicos que possuía, cinco livros com mensagens ditadas por diversos espíritos, intitulados: Mensagens de Paz, Mensagens de Amor, Mensagens de Luz, Amor e Sabedoria e Visão Cristã, sendo este último compilações de trechos de várias obras. Fez da sua mediunidade um lídimo apostolado de disciplina, estudo e prática da caridade. Trazia no semblante um sorriso especial. Bem-humorado, atendia a todos que o procuravam; dizia que sem fraternidade e sem estudo dos ensinos espíritas não poderíamos assimilar na totalidade o que Jesus veio nos ensinar. Por isso buscou ininterruptamente estimular os que dele se aproximavam, transmitindo-lhes sempre uma lição de sabedoria.

Um baluarte do Espiritismo Conquistense e trabalhador reconhecido na Bahia por sua dedicação à Causa Espírita, contribuiu largamente na divulgação do Espiritismo na região do Sudoeste baiano. Valoroso seareiro, incansável trabalhador do bem, Saul Quadros conquistou dos amigos o título de embaixador da Paz, proeza que somente alguém acostumado ao trato com o semelhante através da prática do Amor e da Fraternidade pode adquirir.

saul                    Saul Quadros, Glória Pita, D. Maria Luiza (esposa de Saul) e Dr. Artur Brás

 

Saul não era conquistense, natural de Santo Antônio de Jesus-BA, nasceu no dia 1º de outubro de 1918 e nutria por Vitória da Conquista um afeto especial. Era o 14º dos 16 filhos do casal João Francisco de Quadros e Emília Venâncio de Almeida Quadros. Casou-se mais tarde com D. Maria Luíza em 16 de janeiro de 1941 e tiveram três filhos. Antes de chegar à Conquista, foi pecuarista em Nanuque e morou também no Rio de Janeiro onde teve contato com grandes vultos do Espiritismo nacional nessa época como Deolindo Amorim, Dr. Jorge Andrea e a inesquecível médium Dona Yvonne do Amaral Pereira.

Contudo, você é nosso convidado (a) para essa palestra especial em que homenageia este que foi um exímio espírita, dedicado e devotado aos preceitos da Doutrina Espírita em nossa cidade, Saul Quadros.

 

Publicar um comentário

Reserve o seu bilhetes